sábado, 19 de novembro de 2011



PLANEJAMENTO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DE BARIRI - 2009 – 2012

Documento preliminar


INTRODUÇÃOPLANEJAMENTO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES DE BARIRI - 2009 – 2012


INTRODUÇÃO

O Professor e Vereador Antonio Baylão Filho, empossado no dia 1° de janeiro de 2009, para um mandato de quatro anos, Em seu primeiro pronunciamento como vereador, defendeu dedicar esforço para construir um Legislativo autônomo e reestruturar o Partido dos Trabalhadores de Bariri. O PT em nossa cidade, deferente do que ocorre no Brasil, não tem a mesma grandeza. Precisamos construir aqui um partido que seja proporcional às dimensões nacionais. Para isso, a reestruturação é fundamental. Isso não significa excluir pessoas, mas ter novas perspectivas, visão, capacidade de agregar mais filiados, abertura para discutir as diferenças e ganhar capacidade de consenso.


OBJETIVOS GERAIS

1- Reconstruir o Partido com a perspectiva de eleger representantes para o Poder Legislativo nas eleições de 2012.
2- Ter força para influenciar na decisão dos candidatos a prefeito e vice que disputarão o Poder Executivo nas próximas eleições.
3- Agregar recursos humanos com capacidade para integrar o próximo governo, colocando muitos de nossos companheiros em cargos estratégicos no gerenciamento dos bens público.
4- Criar um projeto de governo que se torne conhecido e que quebre o paradigma de valorizar mais a pessoa em detrimento do programa.
5- Alencar um grupo de pré-candidatos aos Poderes Legislativo e Executivo.

O PASSO A PASSO DA EXECUÇÃO: AÇÕES E ESTRATÉGIAS

1- Consolidação do trabalho do vereador do PT, como uma liderança.
1.1- Desenvolver um trabalho participativo com os filiados e com a sociedade.
1.2- Manter diálogo com as lideranças das instituições e organizações da cidade.

2- Disseminação do trabalho.
2.1- entrevistas aos meios de comunicação local.
2.2- Criar um site.
2.3- Editar um jornal semestral com notícias do partido e trabalho do vereador.
2.4- Usar Email, MSN, Orkut.
2.5- Criar um boletim informativo (email logo).
2.6- Lançamento do site, com um momento de encontro.

3- Tornar efetiva a participação dos filiados.
3.1- Fazer um recadastramento com a finalidade de atualizar endereços residenciais, telefones e emails.
3.2- Manter o filiado informado sobre os acontecimentos do partido.
3.3- Realizar reunião periódicas, com envio de convites à todos os filiados.
3.4- Discutir as ações do governo municipal para o vereador defender a posição do partido e não a sua própria.
3,5- Realizar encontros de formação política, baseado em temáticas para flexibilizar a participação.
3.6- Envolvimento dos filiados na elaboração do plano de governo.

4- Processo de eleição direta 2009.
4.1- Realizar uma conferência para proporcionar aos filiados a oportunidade formal de expressar sua visão sobre a política local.
4.2- Eleger uma diretoria que possa contemplar a participação de novos filiados, principalmente o presidente

5- Eleições 2010.
5.1- Ampliar a ligação com novos deputados que passem a atuar mais efetivamente em Bariri.
5.2- As lideranças do partido devem entrar em contados com os candidatos a deputados do PT e suas assessorias para efetivar compromissos.
5.3- Compreener que o crescimento do Partido na cidade depende muito da presença de deputados que apóiem com a presença, emenda e sua fala política em nossos meio de comunicação.

6- Plano de governo.
6.1-Elaborar um plano de governo que possa contemplar a forma de administrar do PT que seja plausível para a cidade de Bariri.
6.2- O plano de governo deverá contemplar a flexibilidade para compor politicamente uma coligação de oposição para 2012.
6.3- O plano de governo deverá contar com um documento preliminar elaborado entre janeiro de 2011 e junho de 2011.
6.3- A sociedade deverá ter ciência do processo de elaboração do plano de governo do PT de Bariri.

7- Disseminação do plano de governo.
7.1- Divulgar o plano de governo como quebra de paradigma e com a finalidade de dar mais importância ao planejamento do que ao candidato em período pré-eleitoral.
7.2- Fazer chegar até as pessoas por meio do jornal semestral, email e entrevistas nos meios de comunicação local, que deverá acompanhar o processo de elaboração.

8- O passo a passo da elaboração do Plano de Governo.
8.1- Realizar uma reunião em janeiro de 2011 com a finalidade de organizar uma equipe para coordenar o processo de estudo sobre as diferentes áreas da administração municipal.
Essa equipe deverá contar com a presença do secretário do Partido, para que tudo seja documentado em ata.
8.2 – Em fevereiro de 2011 a equipe volta a se reunir e elegerá entre seus membros um coordenador e um subsecretário, que deverá substituir o secretário em suas ausências.
Nesta ocasião distribuirão tarefas e discutirão os assuntos.
8.3- Realização de conferência no mês de março de 2011, com a finalidade de ouvir as idéias já produzidas pela equipe da coordenação.
Nesse mesmo dia todos os filiados presentes poderão se inscrever para discutir os assuntos e dar outras sugestões.
A equipe deverá sintetizar as idéias que servirão na elaboração do projeto preliminar de governo.
8.4- A equipe deverá se reunir pelo menos duas vezes entre os meses de abril e maio para elaborar um documento preliminar que servirá de discussão no processo de construção para o projeto final.
8.5- Em junho de 2011 se dará outro encontro, com a função de Assembleia geral para debater, dar redação final e aprovar o documento preliminar, que embasará o Plano de Governo do Partido dos Trabalhadores de Bariri, para as eleições de 2012.

9- Participação nas eleições de 2012
9.1- Quatro pontos fundamentais serão determinantes nas decisões do Partido para 2012:
- A atuação do vereador, que marca positivamente o Partido.
- A efetiva presença e participação vários deputados do Partido na cidade.
- Uma eficiente reestruturação partidária que contemple o crescimento, mas valorizando a qualidade e a ideologia.
- A indicação de um pré-candidato, ainda 2011, que consiga contabilizar votos e aliados.

10- Os deputados
10.1- O crescimento do Partido dos Trabalhadores de Bariri passa necessariamente pela presença de deputados que abracem alguns projetos em nossa cidade.
10.2- Devemos criar uma microregião, evolvendo às cidades circunvizinhas, com a finalidade de aumentar o número de habitantes e se tornar um pólo mais atraente para os deputados petistas.
10.3- Valorizar a idéia de que o crescimento do PT estadual passa necessariamente pelos investimentos nas pequenas e médias cidades.




ANTONIO BAYLÃO FILHO – contribuição para os debates dos encontros do Partido em 2011, visando as eleições de 2012.



sábado, 12 de novembro de 2011

PETISTAS DA MACRO REGIÃO DE BAURU SE REUNIRAM PARA DISCUTIR AS ELEIÇÕES 2012

A VISÃO POLÍTICA DO VEREADOR BAYLÃO PARA O PT EM 2012










Representantes dos Diretórios Municipais do Partido dos Trabalhadores da MACRO região de Bauru estiveram reunidos, na cidade Bauru, para fazer um panorama da participação do Partido nas eleições de 2012.
O professor e Vereador Antonio Baylão Filho, do PT de Bariri, fez uso da palavra e apresentou o quadro político em nossa cidade.
Segundo o Vereador petista, Em Bariri tem dois grupos bem definidos. Um deles tem como pré candidato ao majoritário o ex-prefeito Neto Leone (PSDB), representante da situação e o outro tem como pré candidato a prefeito o ex-vereador Gonzaga (PMDB). Ambos vêm articulando há três anos as eleições do próximo ano e contam com o apoio de todos os partidos que tem diretórios na cidade, com exceção, é claro, do PT. Os dois grupos também têm apoio financeiro.
Os dois pré candidatos não têm segurança no sucesso eleitoral em 2012, pois a população clama por uma mudança na administração municipal e, muitos não vêem com bons olhos nenhum dos dois. Nesse sentido há espaço para o crescimento da candidatura de um terceiro grupo e que só poderia ser o do PT. Contudo, hoje nós temos alguns obstáculos para se colocar como essa terceira força. Primeiro não temos caixa e pouco apoio financeiro para bancar uma campanha contra a máquina da situação e um segundo candidato de oposição bem articulado. Segundo, não temos outros partidos para fazer coligação, já que os partidos estão aglutinados com um grupo ou com o outro que estão aí colocados. Terceiro, existe uma grande necessidade de se trocar os membros do grupo que há anos vem controlando a administração municipal e, pelo que está sendo demonstrado pelo ministério público, vem desviando recursos públicos. O lançamento de um candidato pelo Partido dos Trabalhadores vai dividir a oposição e aí sim a situação terá certeza que sairá vencedora no pleito de 2012 e certamente governará por mais oito anos essa cidade.
Por outro lado, a população de Bariri precisa e, mais do que isso, tem direito de ter um outro candidato para se posicionar em contrapartida às futuras candidaturas Gonzaga, do PMDB e Neto, do PSDB.
Nesse contexto, como se poderia articular uma outra candidatura sem dividir a oposição? O caminho me parecer ser um plebiscito espontâneo. O PT deve lançar o seu candidato e no período pré-eleitoral ouvir a população. O grupo do pré candidato da oposição que obtiver menor apoio deverá se unir ao outro e juntos lutarem pelo grande objetivo de vencer as eleições em 2012, trocar totalmente esse grupo que está se perpetuando no poder que, certamente, é a vontade da maioria dos cidadãos conscientes de nosso município.

terça-feira, 8 de novembro de 2011


O VEREADOR ANTONIO BAYLÃO FILHO FALA SOBRE REFORMA POLÍTICA NO ENCONTRO DA MACRO DE BAURU





UM NOVO BRASIL, UMA NOVA POLÍTICA
O Brasil tem avançado muito na distribuição de renda no desenvolvimento econômico e no reconhecimento internacional. Mas pode avançar muito mais. Para isso falta um sistema político mais democrático, que represente melhor todos os segmentos da sociedade e ajude o país a ultrapassar os entraves ao nosso desenvolvimento social e econômico. O PT defende mudanças profundas na política brasileira.

Queremos que as cidadãs e os cidadãos participem mais das decisões e acreditem que os governos e parlamentares vão exercer seus mandatos de acordo com os projetos debatidos e escolhidos nas eleições. As mulheres precisam ter o espaço na política que é delas por direito, assim como os outros segmentos sub-representados. É necessário também haver mais igualdade, transparência e economia de recursos na disputa pelos cargos públicos.

Uma transformação desse porte enfrenta obstáculos enormes. O pensamento oligárquico, preconceituoso e autoritário, que teve seu auge na ditadura, ainda é forte em nossa política. Além disso, os interesses especulativos e de alguns grupos com grande poder econômico, que têm seus lobbies muito bem entrincheirados no jogo político, tentarão barrar mudanças que reduzam seu poder de influência.

Temos a convicção de que é possível e necessário avançar.

Por isso defendo como prioritários o financiamento público exclusivo de campanhas, o voto em lista preordenada, o aumento da participação popular e a maior participação das mulheres na vida pública.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

VEREADORES DE BARIRI PROÍBEM PROPAGANDA ELEITORAL EM MURO

O PROJETO FOI IDEALIZADO PELO VEREADOE ANTONIO BAYLÃO FILHO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES

A Câmara de Bariri aprovou na sessão da última segunda-feira projeto de lei de autoria do vereador Antonio Baylão Filho (PT) com o intuito de proibir a propaganda eleitoral em muros e fachadas de imóveis particulares. A publicidade em sedes e comitês partidários pode ser feita normalmente.
De acordo com o petista, a propaganda em muros e fachadas não ajuda o eleitor a tomar sua decisão. Ele pontua também que esse tipo de veiculação provoca poluição visual e que pode haver eventual compra de voto pelo político que solicita o "empréstimo" do muro durante a campanha.
O único vereador a votar contra a proposta foi Benedito Antonio Franchini (PTB). Em sua opinião, a lei municipal estaria em confronto com o previsto pela legislação eleitoral, que permite o uso de inscrições em fachadas.
Os vereadores Edcarlos Pereira dos Santos (PV) e Tomás Edson Paulino (PSDC) discordaram e comentaram que a lei municipal é mais ampla por se referir especificamente à poluição visual.
Pela lei aprovada pelo Legislativo baririense, o candidato que descumprir a norma fica obrigado a restaurar o bem no prazo de 24 horas. No caso de reincidência, deverá pagar multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil. A definição do valor, bem como a fiscalização do cumprimento da legislação, caberá ao Setor de Fiscalização da prefeitura.

segunda-feira, 18 de julho de 2011


BAYLÃO DISCUTE NA CÂMARA A REALIZAÇÃO DA CONFERÊNCIA MUNICIPAL DA EDUCAÇÃO


A área da educação é prioritária para o desenvolvimento da pessoa e da sociedade em geral. Os nossos administradores sabem que para atingirem o grau de desenvolvimento social que democratiza a qualidade de vida e qualifica os cidadãos para as demandas do país, passa pelos investimentos na educação.
Contudo, penso que o grande potencial da educação são os professores. Hoje, é unanimidade que a educação precisa melhorar, mas as soluções têm sido apresentadas pelos que não são os protagonistas do ensino. Os verdadeiros protagonistas, os professores, têm ficado apenas com os ônus.
Apesar do que vem acontecendo com a sala de aula, tem-se produzido qualidade de ensino graças ao professor. Mas isso não tem sido entendido por aqueles que indiretamente participam da educação.
A solução para melhorar a educação, evidentemente, passa pela prática de um projeto pedagógico que envolva e atribua à comunidade responsabilidades conjugadas com o trabalho do educador, tendo como protagonista de sua elaboração o professor.
A escola recebeu da sociedade funções não cabíveis aos professores, mas a outros profissionais e instituições, como a família. Mesmo assim, o professor vem construindo a qualidade de ensino. Porém não é possível solucionar as demandas que estão fora de seu alcance.
Nesse contexto, proponho a realização bianual da Conferência Municipal da Educação para ouvir, principalmente os professores, a sociedade civil organizada e os administradores da área, para juntos proporem novas medidas de melhoria e traçar metas e diretrizes para a política educacional no Município, definindo prioridades, estratégias, ações e ferramentas pragmáticas para o trabalho de sala de aula. Construir um projeto em que a sociedade ganhe ciência da sua participação e responsabilidades.

sábado, 16 de julho de 2011

RUAS DA VILA SANTA HELENA SÃO RECAPIADAS COM VERBAS DE EMENDA PARLAMENTAR DO DEPUTADO ARLINDO CHINÁGLIA


( Elisa, Trento, Deputado Arlindo Chinaglia, Oscar, Vereador Baylão e Tony Rossi no encontro do PT em Bauru )

Na sessão extraordinária da Câmara Municipal, realizada no dia 24 de janeiro, aprovou o projeto de lei que autoriza o prefeito municipal a celebrar a abertura de crédito especial para receber na ordem de 146.950,00 reais para o recapeamento asfáltico das ruas Marcos Beluzzo, João Batista de Assis Bandeira, Salvador de Alice, José Teixeira de Melo, João Pulpa e Henrique Paleari. Todas na vila Santa Helena.
Os recursos virão do Ministério das Cidades, através de Emenda do Deputado Arlindo Chinaglia, do Partido dos Trabalhadores a pedido do Vereador Antonio Baylão Filho e de lideranças locais do Partido dos Trabalhadores.
Baylão, que cumprirá em 2011 seu terceiro ano de mandato, acredita que os moradores da Vila Santa Helena serão merecidamente os grandes beneficiados, pois a situação asfáltica de suas ruas é das piores da cidade e a verba que ele conseguiu corrigirá esta injustiça.
O vereador do PT afirma ainda que o partido está vivendo uma nova conjuntura no Estado de São Paulo. Nesse novo contexto precisará crescer nas pequenas e médias cidades onde se enquadra também Bariri. Para isso terão que estar mais presentes e participar mais com liberação de recursos. Com isso, as lideranças petistas de Bariri deverão saber trabalhar para nossa cidade também ser beneficiada.
Sobre o deputado Arlindo Chinaglia, Baylão disse que ele já é nosso parceiro. Essa é a terceira vez que aplica recursos de suas emendas em Bariri. A primeira para a compra de uma ambulância, no valor de 50 mil reais e a segunda de 97 mil reais que foram usados no asfaltamento do Jardim São Marcos.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

BAYLÃO APRESENTA IRREGULARIDADES NAS CONTAS DO PREFEITO DE 2009


A votação das contas do exercício financeiro de 2009 monopolizou as discussões na sessão de Câmara realizada segunda-feira, 20. Foi o principal tema da palavra livre e da ordem do dia.
O vereador Edcarlos Pereira dos Santos (PV) foi o relator do parecer que recomenda a aprovação do exercício financeiro, ratificando posição dos auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que consideraram as contas regulares, mas com ressalvas.
O projeto de decreto legislativo foi aprovado por maioria de votos (5 a 3), com posição contrária dos vereadores Antonio Baylão Filho (PT), Tomas Edson Paulino e Orlando Navarro (PSDC)
A polêmica em torno do tumultuado primeiro ano da gestão do prefeito Benedito Senafonde Mazotti (PSDB) e do vice Rubens Pereira dos Santos (PTB) começou com a reclamação do vereador Baylão, que queria mais tempo para analisar a documentação, antes da votação da matéria.
Alegou que o parecer do TCE só chegou ao Legislativo local há cerca de 15 dias. “Não houve tempo hábil para analisar o relatório dos auditores”, afirmou. Ele – que não integra nenhuma das comissões permanentes que emitiram parecer sobre as contas – disse que foi surpreendido pela inclusão da matéria na pauta de votação da última sessão.
Baylão disse ainda que uma representação, denunciando supostas irregularidades na aquisição de lousas digitais, dentre os anos de 2008 e 2010, havia chegado ao TCE, que iniciou análise da documentação.
Para o vereador, a denúncia – de autoria do próprio Baylão, dos vereadores Tomás e Landão e da suplente Dulcelina Aparecida Rodrigues Masson (PMDB) – é relevante e seus desdobramentos deveriam ser levados em consideração, antes da apreciação das contas/2009. Baylão sugeriu que a votação fosse adiada. O Legislativo tinha 120 dias para votar a matéria.
O vereador Tomás concordou com os argumentos de Baylão, mas acabou se desculpando, já que na reunião das comissões foi a favor da inclusão da votação das contas na ordem do dia. Afirmou que iria votar contra o projeto, uma vez que questiona junto ao TCE e ao Ministério Público, ato administrativo ocorrido durante o ano de 2009.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

VEREADOR BAYLÃO FOI DESTAQUE DA PRIMEIRA SESSÃO LEGISLATIVA DE JUNHO


AO TERMINAR SUA FALA NA TRIBUNA, BAYLÃO FOI APLAUDIDO PELA PLATEIA PRESENTE NA SESSÃO

O Legislativo local realizou a primeira sessão do mês de junho, segunda-feira, 06. O encontro, que contou com a presença dos nove vereadores, foi tranqüilo e durou cerca de uma hora e meia.
Cinco projetos foram votados durante a sessão. Dois deles - uma emenda e outro que trata de subvenção à Associação Atlética Livramento – foram apreciados em caráter de urgência. O de nº 37/2011 beneficia a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) com aumento de recursos. Outros dois denominam vias públicas no Jardim Yang II. Todos foram aprovados por unanimidade.
Grupo formado por dirigentes e jogadores da AA Livramento esteve na sessão para acompanhar a votação do projeto que beneficiou a entidade. Eles aplaudiram a fala do vereador Antonio Baylão Filho (PT), que destacou o fato do time cumprir norma regimental e enviar documentação da entidade, antes da votação.
Baylão, por sinal, foi o único vereador a fazer uso da Palavra Livre. Ele comentou sobre a atuação dos membros do Partido dos Trabalhadores (PT) em Bariri, na região e junto às demais instâncias do partido. Afirmou que os petistas locais vêm participando de discussões sobre reforma política. Adiantou, inclusive, algumas ‘bandeiras’ que pretende defender durante os debates, como fidelidade partidária, regulamentação das emendas parlamentares e financiamento público de campanhas.


quinta-feira, 16 de junho de 2011

VEREADOR BAYLÃO NO ENCONTRO DA MACRO-BAURU





VEREADOR BAYLÃO DO PT DE BARIRI NA REUNIÃO DA MACRO-BAURU

O vereador de Bariri, Antonio Baylão Filho, participou do encontro da Macro-Bauru, no mês de maio para discutir a reforma política.
Baylão defendeu o financiamento público de campanha, o fim das coligações proporcionais entre os partidos, a fidelidade partidária, modificações nas emendas parlamentares e o voto em lista.
Sua fala foi bem aceita e recebeu aplauso do público presente.

REUNIÃO ESCOLHE DEO PARA DELEGADA NO ENTRO ESTADUAL

FOTOS DOS COMPANHEIROS
PRESENTES NA REUNIÃO DE
JANEIRO









DEO MARINHO É ELEITA DELEGADA PARA O ENCONTRO ESTADUAL DO PT

Em duas reuniões realizadas pelo Partido dos

Trabalhadores, uma em nível municipal e outra

da macro- Bauru, Deo foi ecolhida como

representante do PT de Bariri para o encontro estadual.

O encontro estadual aconterá em Sumaré, nos dias 19 e 20 de junho.

O encontro contará com a presença de delegados de todas as macros de São Paulo para

discutir as eleições de 2012 e temas importantes com a reforma política

segunda-feira, 13 de junho de 2011

BAYLÃO NA COMPANHA DE MERCADANTE EM BAURU

video

DINÂMICA DO PARTIDO DOS TRABALHADORES EM BRIRI

Deolinda Marinho, Ministro da Saúde e o vereador Baylão em encontro na cidade de Botucatu


O Partido dos Trabalhadores de Bariri criou, no começo de 2011, um setorial composto por vinte representantes escolhidos entre os filiados e membros do Diretório Municipal, com objetivo de acompanhar as ações da política municipal e estadual do Partido em relação às eleições de 2012.
Para os representantes do Setorial e do Diretório Municipal, o Partido em nossa cidade tem que amadurecer as suas práticas políticas. O PT de Bariri deve estar aberto para acolher novos integrantes que tenham respeitabilidade e queira participar do processo eleitoral em 2012. O PT deve ajudar a construir um grupo de oposição formado por pessoas que queiram construir uma nova forma de fazer política em nossa cidade. Um grupo que prioriza a participação, a transparência, a aplicação dos recursos públicos sem visar interesses, a valorização da qualidade de vida dos cidadãos, a educação política e a criação de mecanismos capazes viabilizarem as ações priorizadas.
O nível estadual deve ser acompanhado pelas lideranças municipais, com a função de participar e ajudar a fazer o debate das questões que envolvem decisões importantes para o nosso Estado e o nosso país. Somente com essa postura poderá cobrar uma maior integração do Diretório Estadual e Nacional em nossa cidade, para fortalecer o Partido aqui em Bariri.
Nessa perspectiva, o PT de Bariri, vem fazendo reuniões mensais e enviando integrantes para participar dos seminários que o Partido vem realizando no Estado. Os representantes municipais e o vereador do Partido já estiveram participando dos debates sobre as eleições de 2012, em Botucatu, e a reforma política, em Bauru e em 18 e 19 de junho estarão em Sumaré para o debate estadual.
Para o vereador Antonio Baylão Filho, o Partido dos Trabalhadores de Bariri estará preparado para dar uma grande contribuição na renovação do quadro político nas eleições do próximo ano. Em dados concretos significa que o partido levará para o cenário eleitoral do próximo ano pessoas de respeito que serão alternativas para o cidadão votar pela mudança. Outro aspecto é a questão financeira. A intenção do Diretório Estadual é crescer no Estado investindo também nas pequenas e médias cidades para fazer mais vereadores e prefeitos. Está prática eleitoral também favorecerá o partido em Bariri.

VEREADOR BAYLÃO FOI O DESTAQUE DA PRIMEIRA SESSÃO DO LEGISLATIVO DE JUNHO



O Legislativo local realizou a primeira sessão do mês de junho, segunda-feira, 06. O encontro, que contou com a presença dos nove vereadores, foi tranqüilo e durou cerca de uma hora e meia.
Cinco projetos foram votados durante a sessão. Dois deles - uma emenda e outro que trata de subvenção à Associação Atlética Livramento – foram apreciados em caráter de urgência. O de nº 37/2011 beneficia a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) com aumento de recursos. Outros dois denominam vias públicas no Jardim Yang II. Todos foram aprovados por unanimidade.
Grupo formado por dirigentes e jogadores da AA Livramento esteve na sessão para acompanhar a votação do projeto que beneficiou a entidade. Eles aplaudiram a fala do vereador Antonio Baylão Filho (PT), que destacou o fato do time cumprir norma regimental e enviar documentação da entidade, antes da votação.
Baylão, por sinal, foi o único vereador a fazer uso da Palavra Livre. Ele comentou sobre a atuação dos membros do Partido dos Trabalhadores (PT) em Bariri, na região e junto às demais instâncias do partido. Afirmou que os petistas locais vêm participando de discussões sobre reforma política. Adiantou, inclusive, algumas ‘bandeiras’ que pretende defender durante os debates, como fidelidade partidária, regulamentação das emendas parlamentares e financiamento público de campanhas.